LANCE! aponta as cinco decepções do primeiro turno do Brasileiro

Três grandes do cenário nacional, um artilheiro em baixa e a arbitragem foram os pontos negativos deste primeiro turno da Série A


Fonte: LanceNet

LANCE! aponta as cinco decepções do primeiro turno do Brasileiro
Vasco fez um primeiro turno pífio e terminou no Z4 (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

O primeiro turno deste Campeonato Brasileiro não vai deixar saudades. Essa deve ser a sensação para os cinco destaques negativos eleitos pelo LANCE! na primeira metade da Série A deste ano.
O grupo é formado por tres gigantes do futebol nacional, um artilheiro em baixa e um personagem já recorrente nas últimas edições do Brasileiro. Confira a relação abaixo.
VASCO

O ano começou com alegria para o torcedor vascaíno. Mesmo com um time que não inspirava confiança, o Cruz-Maltino superou os desafios e conquistou o Carioca após 12 anos. Euforia e a certeza que se não era candidato ao título, ao menos o clube não passaria sufoco no seu retorno à elite do futebol nacional.

Contudo, na prática não foi o que aconteceu. Com apenas três vitórias, uma série de goleadas dentro e fora de casa, presença frequente no Z4 e lanterna. O novo rebaixamento, o terceiro, aparece cada vez mais perto do horizonte vascaíno. Resta saber se o destino será mudado no segundo turno. O sentimento não para, mas a torcida está sem paciência e já deu o recado.

CRUZEIRO

O atual campeão Cruzeiro faz campanha muito tímida (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)

O Cruzeiro conquistou as duas últimas edições do Brasileiro. Além disso, costuma ser uma equipe regular dentro da competição, figurante nas primeiras posições. No entanto, 2015 não parece ser o ano da Raposa.

Além de perder os principais destaques da equipe do ano passado como Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, o clube celeste não conseguiu montar um time regular e competitivo com as contratações efetuadas. Além de não conquistar o Mineiro e cair em casa na Libertadores, o primeiro turno do Brasileiro foi bem abaixo do esperado. Luxemburgo precisará de um bom projeto para mudar o cenário no segundo turno.

INTERNACIONAL

O Inter mais uma vez deixa a desejar no Campeonato Brasileiro (Foto:Ricardo Rimoli)

O Internacional sempre é apontado no início do Brasileiro como um dos fortes postulantes ao título. O problema é que o tricampeão nacional, que não conquista a competição desde 1979, fica sempre na promessa. E nesta edição da Série A a situação piorou neste primeiro turno.

Priorizando a Libertadores, o Colorado não conseguiu uma campanha regular. Além disso, na reta final do primeiro turno sofreu com a saída de jogadores como Nilmar e Aránguiz. A diretoria se precipitou em demitir Diego Aguirre às vésperas do Gre-Nal. Resultado: goleada de 5 a 0 sofrida e crise instalada.

VAGNER LOVE

Love ainda não disse ao que veio com a camisa do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)
Vagner Love foi contratado no início do ano como reserva imediato de Guerrero e como alternativa caso o clube paulista não conseguisse a renovação de contrato com seu camisa 9. Com sa saída do peruano, o atacante virou a esperança de gols corintiana.

Os números, porém, não jogam à favor do artilheiro do amor. Em 13 jogos foram apenas três gols. O baixo rendimento fez Vagner Love virar reserva de Luciano. Resta saber de o jogador vai virar a página e reecontrar o caminho do gol no segundo turno.

ARBITRAGEM

Luiz Flávio de Oliveira entrou em polêmica ao marcar pênalti em jogo do Corinthians (Foto: Ricardo Rímoli/ LANCE!)

Mais uma vez a arbitragem acaba entrando no lado negativo. Durante o primeiro turno uma sequência de lances polêmicos e falta de critério dos árbitros foram a tônica das partidas. Isso, naturalmente, gerou muita reclamação por parte de jogadores, técnicos e dirigentes.

A esperança de todos é que o segundo turno seja de menos erros e que este tópico possa figurar como aspecto positivo.


VEJA TAMBÉM
- Grêmio negocia com Rodrigo Caio e está próximo de acordo
- Presidente do Grêmio comenta escolha do Couto Pereira e atualiza situações no clube.
- Presidente do Grêmio fala sobre escolha do Couto Pereira e atualizações no clube.






Comentários



Estão fazendo muita onda contra o Luiz Flávio de Oliveira por ele ser paulista e toda a sua família ser corintiana, isso é só uma coincidência que em NENHUM momento afeta seu julgamento nem por uma fração de segundo e esta onda toda de indignação da imprensa é para que a CBF (digo CPF do B) mude seu critério inovador e não cumpra o rodízio. Tenho CERTEZA que a CPF do B manterá seu critério de escalação e o jogo da volta com o Sport será apitado por um árbitro pernambucano da gema de uma família onde todos são torcedores do Sport Recife e o rodízio inovador da Confrderação Paulista de Futebol do Brasil não se furtará de resistir às pressões espúrias da imprensa e manter a lisura das competições paulisto-brasileiras com a idoneidade inquestionável da instituição. (ironic mode OFF)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

25/5/2024





24/5/2024