Jogadores comemoram vitória "com a cara do Grêmio" sobre o Joinville

Tricolor contou com gols de Erazo e Galhardo para vencer o time catarinense por 2 a 1, de virada, na Arena


Fonte: Diário Gaúcho

Jogadores comemoram vitória com a cara do Grêmio sobre o Joinville
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Garra, raça e a "cara do Grêmio". A vitória de virada sobre o Joinville, neste domingo, por 2 a 1, veio com muita entrega na Arena. E os jogadores tricolores admitiram que foi preciso mais do que técnica para conseguir os três pontos.

– Foi com a cara do Grêmio: raça, vontade e determinação. E é assim que tem que ser o nosso time – disse o volante Walace.

Capitão do time de Roger Machado, Maicon seguiu na mesma linha.

– Foi na garra. Não apresentamos um bom futebol, mas nem sempre vai ser como a gente quer. Lutamos contra um adversário de muita qualidade, saímos atrás e conseguimos virar. Está todo mundo de parabéns. Tem sido uma sequência muito cansativa, todo mundo está com as pernas pesadas. Estamos de parabéns.

Um dos protagonistas da virada gremista, o atacante Fernandinho entrou no segundo tempo e mudou o jogo. Para ele, a vitória mostrou o poder de reação tricolor.

– Foi um poder de reação impressionante. Sabíamos que seria difícil, os jogos mais difíceis são contra os times que jogam na etranca. Eles saíram na frente e tiveram a chance de matar o jogo, mas não conseguiram. Entramos mais focados no segundo tempo e conseguimos reverter. Não podíamos perder um jogo assim – explicou.

O meia Giuliano, por sua vez, ressaltou a falta de atenção no início do jogo, quando o Joinville marcou seu gol e ainda desperdiçou boas chances.

– A gente tomou gol de bola parada, o que já aconteceu antes. Precisamos corrigir isso, tiramos de lição. A equipe deles se fechou bem e vendeu muito caro a vitória, mas fomos guerreiros e merecemos.

Autor do gol de empate, o equatoriano Erazo lembrou que a vitória foi conquistada sem contar com Luan, principal jogador do time, em campo.

– O Joinville fez uma grande partida, mas não perdemos o foco. Isso demonstra que estamos focados no campeonato, e quem entra tenta fazer o melhor. Este é o caminho. O Brasileirão não é fácil.

E o lateral-direito Galhardo, que marcou o gol da virada, falou sobre a cobrança que vinha sofrendo para anotar um gol de falta pelo Grêmio.

– Eu fiz um gol de falta contra o Grêmio pelo Bahia, e o pessoal me cobrava muito. Na hora certa eu ia fazer, e consegui uma bela batida. Estava confiante de que iria marcar de falta. Quem acompanha o dia a dia e vê o Luan, o Douglas e eu nos treinos sabe o quando a gente trabalha. Nossa meta é essa, estar no bolo dos primeiros. Agora teremos um jogo difícil contra a Ponte Preta lá – disse o jogador, sobre a próxima rodada do Brasileirão. Antes disso, na quarta-feira, o Grêmio enfrenta o Coritiba, fora de casa, pela Copa do Brasil.



VEJA TAMBÉM
- Grêmio negocia com Rodrigo Caio e está próximo de acordo
- Presidente do Grêmio comenta escolha do Couto Pereira e atualiza situações no clube.
- Presidente do Grêmio fala sobre escolha do Couto Pereira e atualizações no clube.






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

25/5/2024





24/5/2024