1Win

Após derrota, Grêmio prega tranquilidade e mira “dever de casa”


Fonte: Gazeta Esportiva

Após derrota, Grêmio prega tranquilidade e mira “dever de casa”
Fazia tempo que os jogadores do Grêmio não saíam de campo tendo de explicar uma derrota. Após cinco vitórias consecutivas, o Tricolor Gaúcho caiu diante da Chapecoense, na Arena Condá, nesta quarta-feira. A derrota por 1 a 0, a primeira em mais de um mês, impede que a equipe de Roger Machado assuma a liderança do Brasileiro. Mas, segundo os jogadores, em nada vai afetar o andamento dos trabalhos na Arena.

“Faltou o gol. Acho que a gente fez um jogo muito equilibrado, contra uma equipe muito organizada, que fez seu gol na bola parada. A gente não conseguiu chegar a um gol que nos desse a vitória, mas não dá para baixar a cabeça. Estamos bem na competição, na ponta de cima, no caminho certo. Agora é buscar a vitória sábado, não dá tempo de lamentar”, afirmou o meia Giuliano.

O volante Edinho analisou o jogo da mesma forma: “a equipe se comportou bem, tivemos lances de gol, mas sabemos que é sempre difícil jogar aqui. Agora é pensar no Vasco, em fazer o dever de casa, para seguir na ponta da tabela”, projetou o centromédio, que deve perder lugar para Walace, que retorna de suspensão. “Ele é o melhor volante do campeonato na minha opinião e, com certeza, vai nos ajudar muito”, completou.

Com a derrota, o Grêmio parou nos 23 pontos. A equipe gaúcha pode até deixar o G4 ao final desta rodada, já que está ao alcance de Sport, Fluminense e Corinthians. O jogo diante do Vasco está marcado para sábado, na Arena, às 18h30, horário de Brasília.

VEJA TAMBÉM
- Grêmio confiante para a Libertadores, e as lesões intermináveis
- Grêmio perde para o Vasco em São Januário na estreia do Brasileirão
- Tricolor escalado para o jogo contra o Vasco





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

22/4/2024