"Maior que todo elenco..."; Bolaños volta à América do Sul e salário choca Grêmio em clube fora da Libertadores

Atacante de 32 anos está de saída do futebol chinês e destino deve ser clube bem mais modesto que o Tricolor


Fonte: https://br.bolavip.com

O torcedor do Grêmio pode não ter tanta saudade assim de Miller Bolãnos, equatoriano que amargou vários lesões entre 2016 e 2017 quando defendeu o manto tricolor. Entretanto, a notícia desta segunda-feira (21) é que o atacante, hoje com 32 anos, está de saída do futebol chinês para retornar à América do Sul. Seus salários também serão exorbitantes.


O “novo” clube é o Emelec, onde o jogador brilhou antes de ser contratado pelo Tricolor no começo da temporada de 2016. De acordo com apuração do site Gremistas.NET, Bolaños voltará ao país de origem em um contrato de dois anos, com opção de renovação por mais um. Por enquanto, a equipe de Guayaquil não está na lista de classificados para a Libertadores de 2023.

Seus vencimentos - em dólar - serão bem acima do padrão do futebol equatoriano, girando na casa dos US$ 200 mil mensais, quase R$ 1,1 milhão por mês. Para se ter uma ideia, os valores são superiores a todos os jogadores do elenco de Renato Portaluppi. Aliás, o treinador do Grêmio abocanhará, entre salários e bônus pelo retorno à Série A, cerca de R$ 2 milhões até dezembro.

Contratado com muita expectativa em 2016, Bolaños amargou grave lesão logo de início em cotovelada de William logo em seu primeiro Gre-Nal. Foram mais de um mês "de molho", o que prejudicou sua forma física. Ainda naquele ano, brilhou ao fazer o último gol do Grêmio no título da Copa do Brasil de 2016 no empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, na Arena.



VEJA TAMBÉM
- Cuiabá rejeita proposta inicial do Grêmio por Pepê
- Chutado pelo Grêmio, defensor convocado por Scaloni na Argentina surpreende: “Pode pintar no Inter”
- Grêmio toma decisão final sobre Biel e Fluminense é comunicado; R 10,5 milhões viram pauta





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/11/2022


















29/11/2022