OFF - Exército começa a operar em hotéis que receberão seleções

Primeira unidade a ser monitorada hoje é o hotel de luxo em Guarulhos que receberá, no fim do dia, a seleção do Irã; corporação diz que PM é quem deve lidar com manifestações


Fonte: Terra

Exército faz segurança de regiões pelas quais seleções vão passar
Foto: Janaina Garcia / Terra


Homens do Exército começaram nesta terça-feira o monitoramento de hotéis que receberão, em São Paulo e região metropolitana, seleções de futebol participantes da Copa do Mundo. A primeira a desembarcar no Estado é a do Irã, que chega hoje às 16h30 no Aeroporto Internacional de Guarulhos e ficará hospedada em um hotel de luxo nas proximidades do Terminal 1.

Em torno e na entrada do hotel, a menos de 2 km do aeroporto, oficiais do Exército armados, a pé ou em caminhões, faziam rondas próximos a policiais militares do Comando de Policiamento da Copa (CPCopa).

Segundo o tenente-coronel Marcelo de Paiva, da 11ª Brigada de Infantaria, eventuais ações de controle de distúrbios civis – dentre as quais se encaixam, por exemplo, manifestações – não serão contidas pelo Exército, mas pela PM. Além das duas corporações, integram a força-tarefa de segurança das seleções durante a Copa as polícias Federal e Civil, além da Guarda Civil Metropolitana e de órgãos de trânsito como a Companhia de Engenharia de Tráfego.


Exército atuará na Copa do Mundo no Brasil
Foto: Janaina Garcia / Terra


Sigilo em torno da seleção do Irã

A assessoria da rede hoteleira não informou se haverá algum tipo de serviço diferenciado aos jogadores e comissão técnica do Irã, que, por ser país de maioria muçulmana, tem restrições não apenas a alguns alimentos –por exemplo, carne suína –como à forma de preparo deles. O espancamento ou o estrangulamento de animais mortos para consumo, por exemplo, não são admitidos –bem como bebidas alcoólicas.

A justificativa é que, por determinação da Fifa, estabelecida em contrato, as informações sobre serviço às seleções hóspedes são consideradas “sigilosas”. As diárias no hotel que receberá a seleção iraniana podem chegar a R$ 2.499, cerca de 3,5 salários mínimos.


Hotel em que a seleção iraniana ficará hospedada
Foto: Janaina Garcia / Terra


VEJA TAMBÉM
- Turno inverso e sem contato: Grêmio anuncia postura rígida com Jean Pyerre
- Confira a coletiva de impressa de Renato Portaluppi após o triunfo sobre o Aimoré
- Atuações do Grêmio: Suárez marca duas vezes e se destaca na vitória sobre o Aimoré





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

4/2/2023

















DOSAGEM CERTA - 09:16 (0)

Hans Ancina: a dosagem certa




3/2/2023
















ZAGUEIRO PERDE ESPAÇO NO GRÊMIO - 11:51 (0)

Zagueiro Natã trata lesão e perde espaço no Grêmio







JOGADORES QUE NÃO FORAM UTILIZADOS - 08:15 (0)

Grêmio só não utilizou 12 jogadores do grupo principal em 2023