Grêmio envergonha os torcedores: a faxina no futebol é agora


Fonte: -

Grêmio envergonha os torcedores: a faxina no futebol é agora
Ontem, segunda-feira, 8 de julho, a reunião com Antonio Brum e a direção de futebol foi péssima. Brum fez os gremistas passarem vergonha, mais uma vez, blindado por Alberto Guerra e um "fantasma" Vivian, que, não se sabe como, já trabalhou na Seleção Brasileira. "Não tem dinheiro", "mercado inflacionado", blá blá blá. Bem, haveria o dinheiro adiantado da Libra (que tem renda muito superior à LFF, a médio e longo prazos), cerca de R$ 74 milhões; haveria o adiantamento das placas de publicidade, cerca de R$ 25 milhões; some aí o recorde de sócios, mais de 120.000 em dia, segundo quadro social do Brasil atrás do Palmeiras, recordes de vendas de camisetas e as vendas de jogadores de tempos em tempos por valores razoáveis. Cadê o dinheiro, direção do Grêmio? Para além disso: cadê a preparação física e o DM, com mais de 20 lesões graus II e III em 2024, e todo jogo um ou mais atletas com "desconforto muscular"?

A administração do Grêmio hoje é uma vergonha. E deve, sim, explicações à torcida, que paga sua carteira de sócio, que comparece a estádios agora aleatórios, mesmo para ver as "ovelhinhas" de Renato Portaluppi fazerem fiasco, como contra o Palmeiras e o Juventude, destaques para, respectivamente, JP Galvão e Rafael Cabral, pior goleiro do Brasileirão e que conseguiu falhar nos três gols do alviverde. Renato provocou a torcida, não ficou ao lado de Marchesín quando, porta-voz dos gremistas, peitou a avenida Reinaldo por sua ineficiência. No banco, Mayk, revelação do Paulistão, bons números até se lesionar e amargar um banco que parece eterno. Cuiabano saiu gordo e sem correr, brilha no Botafogo. Mas Cuiabano tem números inferiores a Mayk em 2024, somando Paulistão, Brasilerão e Copa do Brasil, alguém sabe disso?

É um desastre. Nada menos que isso. Do financeiro aos treinamentos, da parte tática à parte física. Só em 2024, o Grêmio já tentou quase dez centroavantes. E é sempre uma novela. Foi lá o Juventude, em sua humildade, e trouxe, na surdina, Guilherme Castilho, volante destaque do Ceará. O Imortal acha que não precisa de volantes marcadores, quando Carballo e Pepê não estão funcionando e Dodi é o único primeiro homem do meio, pequenino e instável, já que Villasanti é voltante ofensivo box to box - e teria sofrido pênalti no jogo contra o Juventude.

A direção pensa que basta contratar um camisa 9 e deu. Vamos pensar: Diego Costa está para voltar, e ele é titular. Mais urgente são lateral-esquerdo (se Mayk não se firmar como titular, por que compraram seu passe?) e primeiro volante à frente da zaga, que é uma peneira, com números assustadores ainda piores que o ataque. O saldo de gols do Grêmio no Brasileirão é quase -10. Eu até traria dois volantes. E deviam ter trazido Caíque, do Juventude, mas se assustaram com os valores. Aliás, Brum sublinhou isso ontem: "Mercado inflacinado", a mesma ladainha. Olhe para os times que vêm sendo campeões: SAFs ou não, estão endividados, é necessário se endividar para vencer, depois o time "se paga". Amadorismo puro! E, mesmo contendo tanto dinheiro, como as dívidas do Grêmio dispararam em 2024, conforme dados de pesquisas? Cadê o dinheiro do Grêmio? Lembra 2021, em que R$ 1 bilhão sumiram e contrataram apenas "nabas" de empresários.

O Grêmio não sabe contratar, isso já percebemos. Brum, Vivian, Guerra. Não tem criatividade, é passivo, parece só aceitar jogadores de leilão (empresários). Fixa-se em um 9, mas o plantel precisa bem mais do que isso. A começar, como mencionado, uma preparação física melhor: há vários jogadores visivelmente acima do peso, isso é inaceitável! Sem falar nas lesões intermináveis, preservações por risco de lesão, lesões que não curam, o time não corre. Renato Portaluppi pode ter muita culpa, e tem, insiste em ineficientes, não tem tática e se contradiz, mas pediu reforços, até mesmo um primeiro volante. Não foi atendido. E é refém das lesões e da falta de condicionamento físico - até onde ele tem parte nisso?

Ou o Grêmio muda radicalmente, ou o Grêmio... vocês já sabem. "É aquilo que eu sempre digo pra vocês", como diria Renato Portaluppi. O Imortal pode ser Imortal, mas não está isento de sofrer as consequências de suas burradas consecutivas, dependendo sempre da "mística salvadora". É vergonhoso. Eu, você, nós gremistas, estamos cansados e estamos dando um basta. Quem manda no clube é a torcida.

VEJA TAMBÉM
- Reformulação no comando técnico e contratação de reforços marcam o momento do Grêmio
- Grêmio excede limite de estrangeiros e toma providências necessárias.
- Grêmio vence o Operário-PR e avança às oitavas de final da Copa do Brasil






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

15/7/2024

























14/7/2024