Grêmio tenta negociar jogador do elenco, porém alto salário limita interessados.

Gremista Nathan Pescador segue no clube, mesmo diante de propostas e interesse de outros times.


Fonte: -

Grêmio tenta negociar jogador do elenco, porém alto salário limita interessados.

O Grêmio está em busca de reforços para sua equipe, mas também está tentando viabilizar a saída de alguns jogadores, como é o caso do meia Nathan Pescador, que tem sido reserva no início de 2024. Segundo o comunicador Kaliel Dorneles, o clube deseja negocia-lo, pois considera que sua relação custo-benefício está negativa desde a temporada passada. Nathan, que possui um alto salário, não tem aproveitado as oportunidades dadas, especialmente devido às oscilações de desempenho de Franco Cristaldo. O Tricolor Gaúcho vem tentando encontrar um novo clube para o jogador desde o início do ano, mas a liberação tem sido complicada. Embora o Criciúma tenha demonstrado interesse na contratação de Nathan, as negociações não avançaram, principalmente devido ao seu alto salário, que tem sido um complicador nas conversas. Vai permanecer? Grêmio avalia futuro de JP Galvão Grêmio hoje: Marchesín é o goleiro com mais defesas difíceis do Gauchão Apesar do interesse do clube catarinense, a diretoria do Grêmio estava disposta a bancar parte dos salários para facilitar a saída do jogador, porém Nathan expressou sua vontade de permanecer no clube, o que inviabilizou a negociação. Com contrato até o final de 2025, Nathan comunicou ao departamento de futebol sua intenção de permanecer em Porto Alegre e não cogita deixar o Imortal no momento.

portaldogremista.com.br gremio tem duvida no meio campo para jogo contra o fortaleza gremio nathan
Imagem: Gustavo Langer/Portal do Gremista


VEJA TAMBÉM
- Grêmio não tem marcação: Reinaldo e Pepê precisam sair já
- Grêmio terá limite excedido de estrangeiros para competições nacionais.
- Grêmio gasta R 50 milhões de reais: nenhum volante marcador






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

20/7/2024

19/7/2024