Kannemann revela “não saber” sobre futuro no Grêmio e surpreende ao apontar clássico mais disputado

Zagueiro argentino Walter Kannemann tem contrato com o Grêmio apenas até dezembro e não sabe o que será do seu futuro


Fonte: Torcedores.com

Crédito: Kannemann
Na noite da última terça-feira, o zagueiro Walter Kannemann topou dar entrevista aos jornalistas Rogério Vilela, Duda Garbi e Rica Perrone, que juntos forma a live “Vamos Catar o Hexa”. Nela, não aprofundou mais detalhadamente o seu futuro, já que tem contrato apenas até dezembro com o Grêmio e depois passa a ter uma realidade relativamente incerta.



“Eu tenho que voltar no dia 7 de dezembro e ficar até o dia 31. É até onde vai o contrato. Depois eu não sei”, declarou Kannemann em relação à data da reapresentação do elenco.

Nos bastidores, fala-se que clubes argentinos como Boca Juniors e Racing teriam o interesse em fazer a sua contratação. Kannemann, durante o ano, em coletivas dadas, disse que a prioridade seria seguir no Grêmio, clube que defende desde 2016.

Gre-Nal é o clássico mais disputado? Kannemann não acha

Na mesma live, Kannemann foi perguntado se o clássico mais disputado seria Gre-Nal ou Boca x River. Ele saiu com uma terceira surpreendente resposta:

“Para mim? (O clássico mais disputado é) Rosário Central e Newell’s Old Boys. Se matam. Esses caras se matam, na minha opinião. Inter e Grêmio é pegado, mas você tem torcida mista, e eu acho sensacional. Agora, Central e Newell’s os caras se matam. Na minha opinião, é pior que River Plate e Boca Juniors”, citou.

Kannemann lamenta estreia da Argentina

O zagueiro, claro, ficou decepcionado com a estreia da Argentina na Copa do Mundo com derrota de 2×1 de virada para a Arábia Saudita. Mas ainda acreditou em classificação com vitórias sobre México e Polônia nas rodadas finais do grupo.



“Triste, né? O resultado não era esperado, mas nos próximos dois jogos a Argentina vai bem. Hoje foi um jogo onde tudo deu errado. Basta pegar os números. Nunca joguei uma Copa, mas deve ter muito nervosismo sim. Se vê pelo rosto dos jogadores. Quando um time fica muito tempo sem perder, um dia chega. Argentina começou ganhando, teve gols anulados. A história poderia ser outro. Depois, o rival achou um gol e tudo fica nivelado. Rival cresceu e as coisas aconteceram assim”, disse o defensor argentino.

Grêmio, Kannemann, Copa do Mundo, Renovação

VEJA TAMBÉM
- Yura deixa o futebol feminino do Grêmio
- Confira o motivo que fará o Grêmio renovar com o Léo Gomes
- Veja a lista de jogadores que já deixaram o Grêmio para 2023





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

26/11/2022



MAIS UMA SAÍDA - 17:17 (0)

Yura deixa o futebol feminino do Grêmio














25/11/2022


















Grêmio irá vender seu jogador para o Palmeiras! - 13:13 (2)

“Renato nada pode fazer”: Palmeiras negocia compra de titular do Grêmio




Grêmio busca contratação de peso! - 12:36 (0)

Grêmio sonda Michael e aposta na relação de Renato com atacante