Falta de proposta oficial do Grêmio a Kannemann liga sinal de alerta na negociação

Clube não enviou oferta ao jogador, que deseja permanecer


Fonte: gauchazh

Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação
A falta de uma proposta oficial para a renovação do contrato de Walter Kannemann, 31 anos, ligou o sinal de alerta nas negociações para a permanência do zagueiro em Porto Alegre. O passar dos dias sem uma definição da situação despertou a atenção do estafe do argentino, que vê os outros movimentos do Grêmio no mercado e aguarda pelo envio da oferta prometida. O argentino deixou claro que deseja seguir no clube.



Seis dias desde a posse da nova gestão, o argentino não recebeu a oferta oficial prometida para ampliar seu contrato. Enquanto aguarda a movimentação do Grêmio, Kannemann deixou claro aos seus representantes para não dar atenção aos outros interessados e aguardar o contato do Tricolor. Além de Boca e Racing, clubes do Brasil também manifestaram desejo na contratação do defensor.

Ainda durante a campanha eleitoral para a presidência do Grêmio, o empresário Martín Wainbuch esteve em Porto Alegre para conversar pessoalmente com Alberto Guerra. O dirigente, como também foi dito durante a campanha, afirmou que tinha a intenção de renovar com Kannemann. O que chama a atenção depois da posse é que o caso do zagueiro, um dos ídolos da torcida e símbolo da era recente de conquistas, não foi tratado até o momento como prioridade.

Alberto Guerra recebeu a informação de que Kannemann foi aconselhado, em 2021, a realizar uma cirurgia para correção do problema no quadril, mas que optou por adiar a data do procedimento para tentar ajudar o Grêmio na luta contra o rebaixamento. Sem conseguir caminhar em alguns dias, o jogador arriscou a continuidade da carreira pela relação construída com os companheiros de vestiário.

Mesmo sem conseguir jogar com regularidade em 2022, por conta da recuperação da cirurgia e de duas lesões musculares, entrou na lista de 55 pré-convocados da Argentina para a Copa do Mundo.

Outro ponto tratado nas conversas entre o empresário Martín Wainbuch e o presidente Alberto Guerra é a questão dos valores do acordo. O representante do jogador informou que o desejo era pela manutenção dos termos do acordo atual, mas a posição do Grêmio era reajustar o salário do jogador.



Um meio termo entre as duas posições foi debatido nas conversas, com o reajuste do salário fixo, além da definição de metas para alcançar o mesmo patamar financeiro atual.

Gremio, Futuro, Kannemann, Imortal

VEJA TAMBÉM
- Cuiabá rejeita proposta inicial do Grêmio por Pepê
- Chutado pelo Grêmio, defensor convocado por Scaloni na Argentina surpreende: “Pode pintar no Inter”
- Grêmio toma decisão final sobre Biel e Fluminense é comunicado; R 10,5 milhões viram pauta





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/11/2022


















29/11/2022