Grêmio sofre fora de casa e revê instabilidade na reta final da Série B


Fonte: https://www.uol.com.br

Quando a torcida gremista esperava um salto de qualidade, veio a depressão novamente. Ontem (16), o Grêmio perdeu por 2 a 0 para o Novorizontino. Com uma campanha bem aquém do esperado fora de casa na Série B, o Tricolor revê instabilidade no momento decisivo da competição.


Por sorte, a diferença para o primeiro fora do acesso ficou em cinco pontos. Tudo porque o Londrina deixou escapar a vitória contra o Tombense nos minutos finais do duelo. Com 50 pontos, o time gaúcho segue em terceiro.

Mas o rendimento fora de casa é assustador. Em 15 partidas como visitante, foram apenas duas vitórias, com nove empates e quatro derrotas, totalizando aproveitamento de 33,3%. Longe da Arena ainda faltam quatro jogos para o encerramento da competição, contra Sampaio Corrêa, Londrina, Náutico e Tombense.
O Tricolor só não vive situação pior na Segunda Divisão por uma campanha impecável na Arena. São os mesmos 15 jogos, mas com 11 vitórias, dois empates e duas derrotas, aproveitamento de 77,7%. Em casa restam duelos contra Sport, CSA, Bahia e Brusque.

"Deixamos de fazer em campo. Não que não tenhamos treinado ou pedido para eles [jogadores]. Aconteceu. Que sirva de exemplo. Conversei com eles e deixei as coisas bem claras. Que seja uma lição, estamos aprendendo. A conversa que tive com eles é diferente. Quando voltarmos a jogar fora de casa não pode ter esse excesso de tranquilidade de hoje. Se não correr, minha única opção é tirar. Eles estão bem conscientes disso", disse o técnico Renato Gaúcho.

Depois do tropeço em Novo Horizonte, o Grêmio refaz seus cálculos para subir. Neste momento, qualquer avanço dependerá muito do que acontecer no jogo da próxima terça (20), diante do Sport.

"Eu falei com eles [jogadores]. Domingo vamos conversar de novo. A equipe que no mínimo teve atenção, entrega, contra o Vasco, será fundamental. Não tem mais tempo para ficar lamentando ou para deixar de fazer as coisas. Tem que fazer o que deve ser feito para atingirmos o objetivo", afirmou Renato.

Mesmo com uma nova instabilidade, o treinador garante que o cenário não requer cautela e o time irá atingir o objetivo de voltar à elite do futebol brasileiro.

"Não é nada que não se resolva. Desde minha chegada, falei que o Grêmio iria subir, e vai. Mas deixei claro que iríamos sofrer, e vamos. Não vou resolver tudo, mas pode ter certeza que o Grêmio vai subir. O sofrimento fará parte, mas antes da última rodada o Grêmio estará na Série A", finalizou.



VEJA TAMBÉM
- COMENTE AQUI, DEIXE SEU PALPITE: Sampaio Corrêa x Grêmio
- Renato pode usar time do Grêmio quase todo reserva contra o Sampaio Corrêa na Série B
- Kannemann e Ferreira podem se tornar alternativas para Renato em próximos jogos





Comentários



Edemar Rodrigues     

Timeco podre se jogar contra um de várzea perde.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

1/10/2022

"Não é o resultado que a gente esperava" - 10:37 (0)

Elkeson avalia tropeço do Grêmio e projeta somar pontos em casa


Renato mantem uma postura confiante mesmo após a derrota de 2x1. - 09:36 (0)

Renato vê boa atuação do Grêmio, mas coloca derrota na conta de erros "infantis": "Nada que abale"


Mesmo após derrota, Renato afirma que está tudo sob controle! - 08:35 (0)

Grêmio ameniza queda e rejeita abalo em campanha: "sob controle"


30/9/2022