Grêmio quebra jejum de 100 dias sem vencer fora de casa

Tricolor voltou a vencer como visitante na Série B depois de nove partidas


Fonte: uol.com.br

Exatos 100 dias depois, o Grêmio voltou a ganhar um jogo fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro. Hoje (5), o time gaúcho fez 2 a 1 diante do Guarani em partida válida pela 22ª rodada. A atuação gremista teve altos e baixos em duelo que marcou a estreia de Lucas Leiva como titular na equipe de Roger Machado.



Os gols do jogo foram de Villasanti e Gabriel Teixeira, um em cada tempo, para o Grêmio. Nos acréscimos, João Victor marcou de cabeça para descontar em favor do Guarani.

Com o placar, o Grêmio chega a 40 pontos e pula do quarto para o segundo lugar, esperando o complemento da rodada para saber a posição definitiva. O certo é que a equipe continua no G4 e pode abrir oito pontos do quinto colocado.

O Guarani, por outro lado, chega a cinco jogos sem vitória e continua com 19 pontos, em 18º lugar na tabela de classificação, dentro da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Grêmio recebe o Operário e o Guarani visita o Criciúma.

Quem foi bem:

Villasanti Volante fez o primeiro gol do jogo em boa jogada. Foi o camisa 27 que desarmou, tabelou com Diego Souza e arriscou chute de fora da área.

Quem decepcionou: Campaz

Colombiano tentou chutes de fora da área no primeiro tempo, mas depois do intervalo despencou de rendimento. Foi sacado em meio ao pior momento do Grêmio no jogo.

Quem foi mal:

Jamerson Lateral não conseguiu ir bem nos duelos contra Guilherme e outros jogadores do Grêmio.

Grêmio começa em cima e faz

A postura gremista foi de iniciar mais à frente. Com direito a chutes de fora da área e tabelas entre Guilherme e Diego Souza. Foram quase 30 minutos de domínio completo, com direito ao gol de Villasanti e outras tentativas.

Guarani assusta pelo alto

O time da casa foi criar alguma oportunidade na reta final do primeiro tempo. Sempre na bola aérea. Em um lance, Geromel bloqueou o chute. Em outro, Brenno espalmou a cobrança de falta direta. E ainda houve cabeceio de Nicolas Careca para fora.

Seis meses depois

Villasanti voltou a marcar quase meio ano depois do gol mais recente pelo Grêmio. Em fevereiro, o paraguaio balançou as redes diante do Aimoré-RS, ainda sob comando de Vagner Mancini. Naquela noite, o time gremista ganhou por 2 a 1 de virada.

Gabriel Teixeira resolve

A atuação gremista no segundo tempo foi muito diferente. Mais recuado, o time passou a esperar e ficou quase meia hora sem concluir a gol. Quando chegou, fez. Gabriel Teixeira recebeu de Guilherme e chutou forte de dentro da área.

Confusão, VAR e... nada

Aos 40, o jogo foi parado por causa de confusão entre jogadores do Grêmio e Guarani. Bruno Alves partiu para cima de Rodrigo Andrade e a arbitragem foi chamada pelo VAR para revisar episódio fora do lance da bola. Na checagem, o árbitro viu Rodrigo Andrade dar cabeçada em Gabriel Teixeira, mas mandou a partida seguir sem nenhuma advertência.



Grêmio, 2022, Série B

VEJA TAMBÉM
- COMENTE AQUI, DEIXE SEU PALPITE: Sampaio Corrêa x Grêmio
- Renato pode usar time do Grêmio quase todo reserva contra o Sampaio Corrêa na Série B
- Kannemann e Ferreira podem se tornar alternativas para Renato em próximos jogos





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

1/10/2022

Mesmo com derrota, Kannemann foi muito elogiado em seu retorno! - 11:53 (0)

Kannemann fala do futuro no Grêmio e encanta comentarista do SporTV por lance: “Alguns desistem, ele não”


"Não é o resultado que a gente esperava" - 10:37 (0)

Elkeson avalia tropeço do Grêmio e projeta somar pontos em casa


Renato mantem uma postura confiante mesmo após a derrota de 2x1. - 09:36 (0)

Renato vê boa atuação do Grêmio, mas coloca derrota na conta de erros "infantis": "Nada que abale"


Mesmo após derrota, Renato afirma que está tudo sob controle! - 08:35 (0)

Grêmio ameniza queda e rejeita abalo em campanha: "sob controle"


30/9/2022