Grêmio se manifesta sobre lista de dispensa de 7 jogadores: “Maioria com a cabeça em outro lugar”

Vice de futebol Denis Abrahão confirmou alguns afastamentos de jogadores do Grêmio nesta segunda


Fonte: Torcedores.com

Com mais de 95% de chances de queda faltando três jogos para o fim, o Grêmio anunciou o afastamento de sete jogadores para a reta final da temporada. Léo Gomes, Guilherme Guedes, Paulo Miranda, Everton, Jean Pyerre, Léo Pereira e Luiz Fernando não vão seguir treinando no CT e estão liberados neste momento, segundo o vice de futebol Denis Abrahão.

Irritado com a falta de apatia na derrota de 3×1 para o Bahia, sexta-feira, Abrahão indiciou que a maioria desses atletas já estavam com a cabeça em outro lugar. No entanto, somente Jean Pyerre entrou na partida em Salvador.

“É verdade que sete jogadores foram dispensados. Alguns de férias, outros machucados, outros querendo sair. Mas a maioria com a cabeça em outro lugar. Tudo isso, com o passar do tempo, e estamos aqui há 45 dias, a gente vem sentindo o ambiente e com certeza a derrota na Bahia aflorou em mim uma série de situações que me constrangeram. Serei verdadeiro. Assisto todos jogos como torcedor e na Bahia eu sequer levantei da minha cadeira na primeira meia hora. Esse fato nunca tinha acontecido na minha vida de torcedor ainda. Na Bahia, me reuni com a direção e colocamos. Léo Gomes, Guedes, Paulo Miranda, Everton, Jean Pyerre, Léo Pereira e Luiz Fernando estão afastados e assim a gente atende o desejo do treinador de trabalhar com 25 jogadores”, declarou Abrahão.

O dirigente confirmou que o técnico Vagner Mancini já desejava há algum tempo trabalhar com um grupo menor, de 25 jogadores, para ter mais facilidade no dia a dia. O caso de Jean Pyerre, segundo Abrahão, pode, sim, envolver uma transferência para o futebol do exterior.

“Uma coisa é tu trabalhar num grupo com 35 e outra coisa é trabalhar num grupo com 25. Antes tarde do que mais tarde”, acrescentou Abrahão.

Ainda segundo ele, Luiz Fernando e Everton solicitaram para saírem de férias antecipadas, enquanto Guilherme Guedes ainda tem problemas de lesão e Leo Gomes pediu para seguir o condicionamento físico de forma reservada. Abrahão ainda garantiu que Jean Pyerre, Paulo Miranda e Léo Pereira não fazem parte dos planos para 2022 – Jean Pyerre ainda tem proposta do Alavés-ESP.

Sequência do Grêmio
Ainda comandado por Vagner Mancini, o Grêmio, que é o 18° colocado com 36 pontos no Brasileirão, se reapresenta na tarde desta segunda-feira visando o São Paulo, quinta, às 20h, na Arena.

VEJA TAMBÉM
- Grêmio testa jovens no Gauchão para encorpar elenco profissional
- Grêmio encaminha adeus de Douglas Costa e Jean Pyerre para enfim entrar de cabeça em 2022
- Somente três dos reforços do Grêmio para a temporada devem começar no time titular

LEIA TAMBÉM: Com novo esquema, Mancini define Grêmio para estreia do Gauchão

E MAIS: Veja como serão os próximos encontros de Grêmio e Douglas Costa



E MAIS: DIEGO COSTA FECHOU? TATY NO VERDAO? LEILA EM CRISE; ISCO NO FLA? ARRASCAETA; IVAN E +2 NO TIMAO;


Comentários



Leia Boaroli     

Planejamento zero nessa diretoria ai ta a conta

Leia Boaroli     

Deve ser porque ganham mal

Cristiano Born     

Só ai desperdiçaram no minimo uns 2 milhoes por mes com esses cabeças de bagre. Quantidade nao é QUALIDADE.

Deixaram de trocar Jean Pierre, por 4 jogadores do Palmeiras, incluindo o Rony,essa diretoria é zero esquerda para futebol

Flavio Dornelles     

Esse frangueiro do Chapecó fica ????

Flavio Dornelles     

Muita palhaçada. Os que eram reservas não estavam comprometidos. OS TITULARES ESTÃO ?????? Kkkkkkkk sem lógica

Moacir Dalmoro     

Agora vai. Porque o problema éra esses jogadores que não estavam jogando. !!????

Quem vai querer este sono do JP so se os caras sao cegos ou sao igual aao Romildo nao conhecem futebol

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

25/1/2022


24/1/2022














Nova temporada - 11:31 (0)

[OPINIÃO] Uma semana importante