“Será um dos Gre-Nais mais equilibrados”, Duda Luizelli projeta decisão do Gauchão Feminino

Coordenadora de Seleções femininas destacou o desenvolvimento da modalidade no Estado


Fonte: Gaúcha ZH

Thaís Magalhães / CBF
À frente da Coordenação de Seleções femininas da CBF, Duda Luizelli sabe o tamanho da representatividade de um clássico envolvendo Inter e Grêmio. Com mais de 30 anos dedicados à modalidade, a gaúcha prevê um enfrentamento de equilíbrio para a decisão do Gauchão de 2021. As equipes se enfrentarão no próximo dia 5 de dezembro, na Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha.



"Não existe um favorito, obviamente. Gre-Nal é Gre-Nal. Tenho certeza que será um dos Gre-Nais mais equilibrados que já tivemos até hoje".


A resposta de Duda em entrevista a GZH condiz com os que as duas equipes apresentaram na atual edição. Ambas venceram os oitos jogos disputados, foram líderes de suas chaves, e chegaram com certa tranquilidade à final. No entanto, o jogo pelo título reserva uma disputa particular: o Inter quer o tricampeonato, enquanto o Grêmio quer encerrar um jejum que já dura três anos.


A amostragem no estadual também pode representar futuras chances na Seleção principal. Além das observações internas, a comissão técnica do Brasil tem sido figura in loco nas competições brasileiras. Do futebol gaúcho, Lorena, goleira do Grêmio, tem sido selecionada para a montagem do novo ciclo, é uma das apostas deste momento de renovação.



"Falando das nossas goleiras, vem aí uma renovação. Hoje, temos de oito a 10 goleiras no nosso radar. Nosso preparador Thiago Mehl vem viajando pelo Brasil e vai começar a ir para a Europa, para que possamos evoluir mais na troca de informações e treinamentos com outros profissionais para que elas cheguem cada vez mais prontas à Seleção, para uma competição a nível internacional", avalia a coordenadora de seleções femininas, que ainda destaca:


"Todas as meninas que competem a nível nacional estão no radar na Pia (Sundhage). A gente está sempre atento a tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo de todas as jogadoras brasileiras que praticam futebol".


Futebol feminino gaúcho em evolução



A família Luizelli também conta uma representante à frente da modalidade no Rio Grande do Sul. Gabriela Luizelli, irmã de Duda, é responsável pela departamento de futebol feminino da Federação Gaúcha. Desde a sua chegada, já houve mudanças na organização do estadual.


Em 2021, pela primeira vez, o Gauchão tem sido custeado pela FGF, que também está disponibilizando um subsídio de cerca de R$ 18 mil para o auxílio dos gastos com alimentação, hospedagem e viagens. A medida permite, especialmente, que os clubes do Interior consigam garantir a sua participação, em meio às dificuldades.


"O que precise, talvez, é que os clubes do interior passem a ter como obrigatoriedade o futebol feminino, que se crie regras. Tudo é importante para que a gente consiga fazer as equipes do Interior mais fortes. A Federação Gaúcha vem ajudando, pela primeira vez, temos um campeonato 100% subsidiado, o único no Brasil", aponta Duda Luizelli.


A dirigente da CBF também destaca o trabalho de fomento das categorias de base. No próximo dia 27, inicia a Copa Gaúcha de Futebol Feminino sub-17, que contará com sete clubes. O Estado é um dos poucos no Brasil que também investe no desenvolvimento deste tipo de competição.


"No Brasil, temos apenas seis estados com campeonatos de base e o Rio Grande do Sul é um deles. Por isso, damos os parabéns para a Federação Gaúcha. Queremos muito mais e, para isso, vamos tentar junto a outras federações para que tenham também este tipo de iniciativa".


O novo ciclo na Seleção feminina



Prestes a disputar o último compromisso neste ano, a Seleção Brasileira vislumbra a disputa da Copa América de 2022. A montagem no ciclo vem evoluindo especialmente com o crescimento das atletas.


"A Seleção vem muito bem. Conseguimos praticamente fechar nosso calendário de 2022, que é algo que precisamos, de planejar o futuro. Com isso, vamos conseguir ter mais sucesso no futuro. A Seleção, após a Olimpíada, teve um mix de atletas mais jovens com as mais experientes. As atletas estão profissionais e, cada vez mais, buscamos um desempenho melhor nos quesitos técnico, tático e mental".



Na última Data FIFA, o grupo brasileiro disputará o torneio internacional de futebol feminino. A estreia será nesta quinta-feira (25), diante da Índia. Na sequência, enfrentará a Venezuela, no dia 28, e encerra sua participação diante do Chile, no dia 1º de dezembro.

#gremio #imortal #tricolor #gauchao #feminino #grenal

LEIA TAMBÉM: Veja os detalhes da provável saída Jean Pyerre do Grêmio para o Alavés

E MAIS: Diego Souza cogita adiar aposentadoria em caso de rebaixamento do Grêmio




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

2/12/2021
































1/12/2021