Em luta contra Série B, Grêmio tem coleção de problemas que tiraram time do trilho


Fonte: ESPN

Foto: Getty Images
Indo para o quarto treinador em 2021, na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro e em uma crise que preocupa o torcedor. No início da temporada, nem o Tricolor mais pessimista imaginaria que o Grêmio viveria tal situação no ano.



Desde a eliminação na fase prévia da Conmebol Libertadores à ameça de rebaixamento, bons meses se passaram e o clube gaúcho não mostrou poder de reação.


Pensando nisso, o ESPN.com.br convocou os jornalistas dos canais esportivos da Disney Gustavo Berton e Rodrigo Bueno, que elencaram motivos para explicar a fase terrível vivida pelo Tricolor de Porto Alegre.


Gustavo Berton

O repórter, que cobre os clubes do Rio Grande do Sul diariamente, vê o Imortal sem rumo. Após construir uma base com Roger Machado e viver o auge com Renato Gaúcho, o clube viu as tentativas em Tiago Nunes e Felipão fracassarem e a crise se agravar.


Rodrigo Bueno

Já para o jornalista dos canais esportivos da Disney, tudo começou com a demissão de Renato Gaúcho, que chegou a ser acionado para reassumir e recolocar o clube gaúcho nos trilhos.


Com 23 pontos conquistados em 23 rodadas - o clube ainda tem dois jogos a menos -, o Grêmio ocupa a 19ª colocação na tabela de classificação do Brasileirão, a cinco do Santos, primeiro clube fora da zona de rebaixamento.



O próximo compromisso do Tricolor é nesta quarta-feira (13), às 20h30, no Castelão, contra o Fortaleza. O interino Thiago Gomes será o responsável por comandar a equipe.

#gremio #imortal #tricolor #crise #brasileirao

LEIA TAMBÉM: Veja todas as informações sobre o duelo entre Grêmio e Juventude neste domingo (17)

E MAIS: Na estreia de Mancini, Grêmio recebe o Juventude na Arena




Comentários



Jean M.     

Fato, muito bem colocado o diagnóstico do Marcelo, time já vinha jogando mal a anos e sendo falsamente mascarado por entrevistas polêmicas da estátua e algumas classificações (semi finais, quartas) que foram conseguidas exclusivamente pela individualidade do cebolinha

Roberto Puglia     

Perfeito Marcelo..a crise atual é o legado do Renato somado à omissão do Romildo.

Marcelo Avila     

Acho interessante ver imprensa e diretoria botando panos quentes. Parece que vivem em um mundo paralelo. O Grêmio desde 2018 ja mostrava que ia desabar, mas o Renato comandava o vestiário e nao deixava a peteca cair. Mas depois que ele saiu ninguém mais pôde comandar o grupo e os defeitps apareceram. Renato saiu e deixou um bando de meninos cheips de soberba e achando que ja eram craques consagrados, vide Matheus Henrique e Jean Pierre. E um grupo de 40 jogadores, inchado, difícil de comandar. Agora ta pagando o preço por deixar o Renato fazer tudo que queria.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/10/2021























17/10/2021