Gols sofridos nos últimos 15 minutos viram preocupação para Felipão no Grêmio

Em seis derrotas, defesa tricolor sempre foi vazada no segundo tempo dos jogos


Fonte: Gaúcha ZH

Marcelo Cortes / Flamengo / Divulgação
O Grêmio tinha pouco a fazer contra o Flamengo nesta quarta-feira (15), mas a derrota que causou a eliminação da Copa do Brasil acendeu um novo sinal de alerta: os gols sofridos na reta final das partidas.



Depois de entrar no lugar de Gabigol, o centroavante Pedro decretou a vitória dos cariocas por 2 a 0, anotando aos 34 e 42 minutos do segundo tempo.


"São situações criadas e não são pelo aspecto físico. Se tivéssemos de mostrar alguma evidência para vocês, mostraríamos que contra o Ceará foi muito bom. Corremos uma quilometragem fantástica no primeiro e segundo tempo. Então, temos melhorado no aspecto físico. Hoje (quarta-feira), tomamos o primeiro gol e depois tomamos o segundo porque entendíamos que tínhamos de partir para cima do Flamengo, que é o que ele pretende. Ele dá campo e tem ótimo contra-ataque", disse o técnico Luiz Felipe Scolari.


O problema é que esta não é a primeira vez que a defesa gremista vaza na reta final dos jogos. Nas seis derrotas que o Tricolor sofreu desde que Felipão assumiu o comando, a defesa sempre foi vazada no segundo tempo.


Dos 14 gols, 10 foram marcados no segundo tempo das partidas. E pior: sete deles — ou seja, a metade de todos os gols — ocorreram nos 15 minutos finais.


O próprio Flamengo, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, anotou os seus quatro gols na Arena na etapa complementar: Bruno Viana aos 8, Michael aos 40, Rodinei aos 46 e Vitinho aos 52 minutos.


A mesma situação foi vivenciada nos insucessos diante do Corinthians (Jô, aos 34min), São Paulo (Igor Gomes, aos 48min), Bragantino (Praxedes, aos 17min) e LDU, na Copa Sul-Americana (Alcivar, aos 11min).



"Realmente, é um dado que a gente tem que usar a nosso favor para mostrar a eles que temos de ter uma atenção, e não um déficit de atenção, nos minutos finais", completou o comandante gremista.

#gremio #imortal #tricolor #gols #defesa #atencao

LEIA TAMBÉM: Veja todas as informações sobre o duelo entre Grêmio e Juventude neste domingo (17)

E MAIS: Na estreia de Mancini, Grêmio recebe o Juventude na Arena




Comentários



Paulo Rosa     

Sofrer gols no segundo tempo....principalmente nos ultimos 15 minutos, escancaram a péssima condição fisica do elenco ....quem cobra o(s ) responsável(eis) pela preparação fisica??!!! ...alem disto os que entram ,substituindo os ruins,ainda são piores e cometem pênaltis e outras faltas desnecessárias....

Roberto Puglia     

Foi só colocar o Tonhão em campo que a vaca foi brejo. Jogador mediocre compromete a equipe toda. Assim como Leo Pereira compromete o ataque. Chega a ser patético.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/10/2021























17/10/2021