Pedro faz dois, Flamengo bate Grêmio de novo e vai à semi da Copa do Brasil


Fonte: UOL esportes

Marcelo Cortes/CRF
Com a ampla vantagem rubro-negra conquistada já no jogo de ida, em Porto Alegre-RS, Flamengo e Grêmio entraram com times mistos na noite de hoje (15), pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, e o duelo terminou com vitória flamenguista por 2 a 0. Os gols foram marcados por Pedro.

Nas semifinais, o Rubro-Negro enfrentará o Athletico-PR, que eliminou o Santos com duas vitórias por 1 a 0.

Cariocas e gaúchos voltam a se enfrentar já no próximo domingo (19), novamente no Maracanã, às 20h30 (horário de Brasília), quando jogam pela 20ª rodada do Brasileirão.



Flamengo faz jogo sem brilho e garante festa do torcedor

Com a vitória por 4 a 0 construída no jogo de ida, o Flamengo entrou em campo com muitas mexidas e em ritmo mais desacelerado. Diante de um rival que pouco ameaçou, o Fla administrou a vantagem e tampouco se expôs, criando poucas oportunidades de gol. Quando a partida parecia que ia terminar sem gols, o árbitro foi ao VAR e viu falta em Pedro em um lance que quase resultou em um gol de bicicleta do camisa 21. Na cobrança, o artilheiro sacramentou o triunfo e a festa rubro-negra na volta da torcida ao Maracanã. Minutos depois, o jogador aproveitou bola que sobrou depois de bater na trave e só completou para fechar a conta.

Primeiro tempo começa morno e termina movimentado

A primeira metade da etapa inicial teve um duelo morno, com as duas equipes se estudando e avançando pouco ao ataque. O cenário mudou perto dos 30 minutos, quando Borja perdeu boa chance e, aos 31, com Gabigol furando e desperdiçando outra oportunidade. Aos 40, Michael fez ótima jogada, deixou Rafinha para trás e chutou cruzado, mas Kannemann salvou. Assim que o apito do árbitro indicou o intervalo, ainda houve tempo para discussão entre os atletas das duas equipes antes de irem para o vestiário.

Michael tenta animar Flamengo

Em meio a uma atuação morna do Flamengo no jogo, o atacante Michael tentou dar um ânimo ao time e conseguiu fazer algumas boas jogadas de velocidade pelo lado esquerdo. O jogador travou um bom duelo com Rafinha e foi um dos poucos jogadores do Fla que levou algum perigo real.

Etapa final é mais intensa

Se o jogo começou pouco movimentado, a etapa final teve ótimas oportunidades. Primeiro foi vez do Grêmio: aos três minutos, em chute de longe de Sarará, que parou em defesa segura de Gabriel Batista. Depois, aos dez, Jhonata Robert recebeu na entrada da área, mirou no canto e bateu rasteiro, mas Gabriel espalmou com ótima intervenção. O Fla reagiu e quase marcou com Éverton Ribeiro e Pedro, que acertou uma linda bicicleta, mas mandou para fora, em lance que gerou o pênalti para os donos da casa.

Gabigol sai na bronca

Substituído por Renato no segundo tempo, Gabigol saiu na bronca com a mexida. O camisa 9 deixou o campo com cara de poucos amigos e esbravejou no banco de reservas.

Pedro decide, e reverencia a torcida rubro-negra

Após a bonita finalização de bicicleta de Pedro, Rodolpho Toski Marques foi acionado pelo VAR, revisou o lance e marcou o pênalti para o Flamengo, por um desvio na mão de Rodrigues. Na cobrança, o camisa 21 cobrou rasteiro, abriu o marcador e, com sua clássica comemoração, reverenciou a torcida do Fla, de volta ao estádio pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Rodrigo Caio e Brenno voltam aos gramados

O jogo marcou também o retorno ao gramado de dois jogadores. Pelo lado do Fla, Rodrigo Caio voltou após quase dois meses sem atuar. O defensor havia atuado pela última vez em 25 de julho, e desde então realizava um trabalho de reequilíbrio muscular. Pelo Tricolor, o goleiro Brenno estava sem atuar desde que foi aos Jogos Olímpicos com a seleção brasileira, em Tóquio, e viu o companheiro Gabriel Chapecó ganhar a posição.

Torcida de volta

Pela primeira vez na pandemia de covid-19, um jogo no Maracanã teve a presença de público. A diretoria do Fla conseguiu a autorização para uso de 35% da capacidade, ou público de 24.533 pessoas. Os dirigentes gremistas tentaram anular a liberação, mas não obtiveram sucesso na empreitada.

Centenário de Zizinho

Para o confronto no Maracanã, Éverton Ribeiro levou o nome de Zizinho grafado em suas costas. Uma homenagem aos cem anos do nascimento do craque da seleção brasileira, Flamengo, Bangu e São Paulo, entre os anos 1940 e 1950. Nascido em São Gonçalo-RJ, em 1921, o ex-atacante completaria seu centenário ontem (14).

Furacão nas semis

A adversário do Flamengo na semifinal já estava definido desde ontem. Após mais uma vitória diante do Santos, dessa vez fora de casa, o Athletico-PR garantiu sua vaga com dois triunfos no confronto contra o Peixe. Depois do gol de Renato Kayzer no confronto de ida, na Arena da Baica, Zé Ivaldo foi às redes na volta, na Vila Belmiro. A outra chave terá o Atlético-MG diante do Fortaleza, que venceu o São Paulo.

Furacão nas semis A adversário do Flamengo na semifinal já estava definido desde ontem. Após mais uma vitória diante do Santos, dessa vez fora de casa, o Athletico-PR garantiu sua vaga com dois triunfos no confronto contra o Peixe. Depois do gol de Renato Kayzer no confronto de ida, na Arena da Baica, Zé Ivaldo foi às redes na volta, na Vila Belmiro. A outra chave terá o Atlético-MG diante do Fortaleza, que venceu o São Paulo.



Premiação de R$ 7,3 milhões A classificação às semis não dá ao Flamengo somente a oportunidade disputar mais uma vaga em decisão, como também renderá R$ 7,3 milhões de premiação aos cofres rubro-negros.

Grêmio,Flamengo, Copa do Brasil

LEIA TAMBÉM: Veja todas as informações sobre o duelo entre Grêmio e Juventude neste domingo (17)

E MAIS: Na estreia de Mancini, Grêmio recebe o Juventude na Arena




Comentários



Faltou finalização.... tem de arriscar mais... borja monstro???? rafinha voou??... lucas Silva entrou mal ontem, lento fora do jogo... Diego Souza nossa?? nem vou falar nada ... Flamengo CAMPEÃO do brasileiro e copa do brasil... nada derruba o Sistema... é muito forte. Só uma questão de tempo para eles encaixarem coisas como elws querem.

Roberto Puglia     

E a culpa agora é do Felipão... Renato tomou de 5 desse mesmo Flamengo.. nem Guardiola da jeito nesse time sem comando

João Manczak     

Felipão em nome do nosso passado, muito obrigado, em nome do nosso presente , por favor peça para sair , para q em nome de nosso futuro, ainda tenhamos alguma chance. Tá cheio da grana meu velho, vai aproveitar com tua família. Senão quiser atender meu pedido , VTNC

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/10/2021























17/10/2021