STJD indica que manterá liminar permitindo público no Flamengo x Grêmio


Fonte: UOL esportes

Lucas Figueiredo/CBF
O presidente do STJD, Otávio Noronha, indicou a dirigentes da CBF que, por ora, não irá reconsiderar a liminar concedida por ele que permite ao Flamengo ter público nos estádios quando for mandante em competições nacionais.



A postura — embora não registrada em documento — traz impacto direto no jogo de quarta-feira (15), contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, no Maracanã. Como o rubro-negro tem a liminar a seu favor e o aval da Prefeitura do Rio, o cenário atual, como publicado inicialmente pelo GE, é de presença de torcida. Via assessoria do STJD, Noronha afirmou que ainda vai analisar o pedido de reconsideração entregue por um bloco de clubes da Série A na sexta-feira.


O Pleno do STJD ainda irá avaliar em colegiado o mérito da questão, provavelmente no dia 23. Logo, isso não acontecerá antes do Flamengo x Grêmio de quarta. De qualquer forma, Noronha tem a prerrogativa de, antes disso, reavaliar a decisão inicial.

Mas o UOL Esporte apurou que nas conversas informais com dirigentes da CBF o presidente do STJD se mostrou preocupado com a credibilidade se eventualmente mudasse sua posição. Em decisões monocráticas similares — como resposta a ataques à liminar que o Cruzeiro também tem a seu favor, sob os mesmos moldes do Fla —, Noronha tem rejeitado os pedidos de reconsideração.


Em relação especificamente à Copa do Brasil, outro argumento usado pela CBF e pelos clubes nos contatos com o STJD cita aspectos do regulamento da competição. No protocolo publicado em julho, que segundo a CBF serve como adendo à diretriz técnica operacional das competições, a entidade estabeleceu o seguinte: "Em partidas ida e volta (mata-mata), no caso de um dos clubes envolvidos não ter autorização pelo órgão sanitário local para receber público no estádio, ambas as partidas não terão público". É o caso de Flamengo x Grêmio, que na ida, em Porto Alegre, teve arquibancadas vazias.

A CBF ainda citou o exemplo a seguir: "Clube A da UF 1 tem permissão pela autoridade sanitária local para receber público máximo de 20% do estádio, enquanto Clube B da UF 2 não tem permissão pela autoridade sanitária local para receber público (0% do estádio). No caso de confronto entre as equipes em formato eliminatório ida e volta, nem Clube A nem Clube B poderão receber público nos seus respectivos estádios".



para receber público máximo de 20% do estádio, enquanto Clube B da UF 2 não tem permissão pela autoridade sanitária local para receber público (0% do estádio).

No caso de confronto entre as equipes em formato eliminatório ida e volta, nem Clube A nem Clube B poderão receber público nos seus respectivos estádios".



Grêmio, Flamengo,Copa do Brasil

VEJA TAMBÉM
- COMENTE AQUI, DEIXE SEU PALPITE: Sampaio Corrêa x Grêmio
- Renato pode usar time do Grêmio quase todo reserva contra o Sampaio Corrêa na Série B
- Kannemann e Ferreira podem se tornar alternativas para Renato em próximos jogos





Comentários



Flavio Dornelles     

Esse Otavio Noronha ou é flamenguista ou tá comprado. Esse STJE é um bando de vagabundos colocados lá ninguem sabe por quem. Corruptos

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

1/10/2022

Mesmo com derrota, Kannemann foi muito elogiado em seu retorno! - 11:53 (0)

Kannemann fala do futuro no Grêmio e encanta comentarista do SporTV por lance: “Alguns desistem, ele não”


"Não é o resultado que a gente esperava" - 10:37 (0)

Elkeson avalia tropeço do Grêmio e projeta somar pontos em casa


Renato mantem uma postura confiante mesmo após a derrota de 2x1. - 09:36 (0)

Renato vê boa atuação do Grêmio, mas coloca derrota na conta de erros "infantis": "Nada que abale"


Mesmo após derrota, Renato afirma que está tudo sob controle! - 08:35 (0)

Grêmio ameniza queda e rejeita abalo em campanha: "sob controle"


30/9/2022